quinta-feira, 30 de setembro de 2010

Os tempos de hoje,



Sempre foram.
E sempre houve pessoas como você, que acham que tudo de sua época é uma merda. A eterna nostalgia do que nunca teve. Que queria ter nascido nos anos 50 e pegado o inicio da história do rock. Ou nos anos 60/70 pra endoidar de LSD, andar de black power e usar roupas coloridas e psicodélicas. Nos anos 80, cheio de tarrachas, com maquiagem forte ou moicano; algo como Cyndi Lauper, como os pioneiros do metal ou como os punks. Ou mesmo ser um grunge dos anos 90. Em cada uma dessas épocas, seus movimentos foram ridicularizados; e só foram reconhecidos na época posterior.
Parece que sempre o que está em alta nunca é bom o suficiente para o seu ouvido refinado, mesmo que você nunca tenha ouvido. Com isso, não quero dizer que o mainstream é recheado de maravilhas, mas você não pode saber se há ao menos uma se não olhar para elas.
Se você é um dos infinitamente frustrados por ter nascido "no ano errado", te informo com um sorriso no rosto (não em todos os casos) que o passado ainda existe e que você é parte desse presente que tanto odeia. Você não é obrigado a ligar a televisão de domingo e se sentir menosprezado intelectualmente. E nem a bravejar contra sua era musical maldita. Você que agora lê este blog, é um felizardo - he! - que tem acesso a internet, o mundo mágico.
Então, divirta-se e não me encha o saco com esse papo anti emo chato do caralho. Até pra mim, que ouço metal extremo.

19 comentários:

  1. As pessoas ridicularizam as tendências antigas mas seguem fielmente as atuais =S

    ResponderExcluir
  2. Hehe não sou fariseu e nem sei dançar conga

    e cada um com seus gosto e fodas

    só não colocando calipso e esses funk kabuloso no meu ouvido ta bom


    Mundo Irado

    ResponderExcluir
  3. kkk
    sinto nostalgia do que vivi...
    tipo os anos 90^^

    ResponderExcluir
  4. Diz um velho filósofo que o melhor seria nem ter nascido... concordo com ele, mas em parte... na verdade, acho que valeu a pena ter nascido sim, só por ter tido acesso à arte e à cultura, aos muitos prazeres da vida (quando ela não se mostra horrível), por ter olhado para a Cyndi Lauper e conhecido as mil tendências e estilos de algumas das zilhões de pessoas que já viveram sobre a face da Terra... por ter encontrado a Sophia... grande post!


    Que bom que gostou dos meus cílios... mas não vai falar nada do meu bigodim?

    ;)


    F.

    ResponderExcluir
  5. Este comentário foi removido pelo autor.

    ResponderExcluir
  6. cada um tem seu gosto...e se quisermos ver as musicas das outras epocas e facil e so entrar na net... tudo esta ai,,,e só sabermos se divertir...

    ResponderExcluir
  7. eu amei o post!
    e sim, se for ver dessa maneira, você tem razão sim!
    apesar que, é fato dizer que os tempos de hoje estão perdidos em questão à musica, porém não devemos ficar tristes! haha
    e, se fosse pra mim escolher uma época para viver, eu escolheria os anos 50! *-----*
    rsrsrs

    byee

    *eu apaguei meu comentário de antes por causa de um erro ortográfico! ;)*

    ResponderExcluir
  8. Também me lembrou o Freddy Mercury, rs...

    ResponderExcluir
  9. os rolling stones usavam calças coloridas igual ao Pessoal do restart.os beatles eram uma boy band.as pessoas diziam que as musicas de discoteca,que são presentes até hoje nas nossas vidas era só ritmo e sem conteudo.daqui a alguns anos as musicas de hoje que tanto criticamos vai ser cultura e a musica da proxima epoca vai ser ruim

    ResponderExcluir
  10. se quer ficar doidao eh so tomar uns toxicos ae e baixar umas musicas dos anos 50', 60', 70', 80' ou 90' vc q sabe...

    e concordo com o pessoal, gosto cada um tem o seu ;)

    ResponderExcluir
  11. "Que queria ter nascido nos anos 50 e pegado o inicio da história do rock. Ou nos anos 60/70 pra endoidar de LSD (...) Ou mesmo ser um grunge dos anos 90."
    Me identifiquei com essa parte! rs
    Hoje em dia, não é mais música, é moda.
    beijo
    http://andnobodyelse.blogspot.com

    ResponderExcluir
  12. Antes de tudo obg por ter passado no meu blog!
    Adorei o que postou e realmente a maioria das pessoas não dão valor a tudo que ah no presente, como a internet que facilitou muito a vida de muitas pessoas!
    E parabéns, seu blog é magnifico!

    ResponderExcluir
  13. O futuro é decadente, por isso existe a nostalgia, e por isso você está errada.

    ResponderExcluir
  14. concordo com vc. apesar de achar q diferente das outras tendencias, esse q está ai é derivada de gravadoras e produtores, e ñ de uma rebeldia, como o grunge, por exemplo.

    ResponderExcluir
  15. Eheh, to ficando velho mesmo. Passei por todos os períodos que voce citou na postagem. O que acontece de verdade, é que realmente algumas pessoas são saudosistas e outras "manipuladas". Culpa dos formadores de opinião.
    Eu confesso que sou um pouco saudosista sim, porque infelizmente, o rock feito hoje em dia, principalmente no Brasil, é horrível! Péssimos músicos, péssimas canções, mas claro, existem exceções.
    Em relação à tribos, foda-se. Há coisa boa e ruim em todos os segmentos do rock, da música em geral e na sociedade.
    Cada um curte o que gosta, se veste como quer e a vida segue.
    Sucesso pra ti.

    ResponderExcluir
  16. Putz! É verdade!
    Eu, particularmente, não tenho nada contra qqr movimento musical ou não da nossa época (por assim dizer). É uma expressão pessoal... só isso!
    Come tenho meus 25 anos, fui meio grunge no finalzinho dos anos 90!! hehehehehe

    Mais um ótimo post!

    ;D

    ResponderExcluir
  17. Eu queria muito ter nascido nos anos 90, ser um grunge daquela epoca e tal...
    Isso que você falou é uma verdade muito da inconviniente, hehe, eu acho muito gostoso falar mal da minha geração.
    Adorei esse post.

    ResponderExcluir

Olá. Você, sendo você mesmo, não é bem vindo aqui. Mas se você for qualquer outra pessoa, sente-se no chão e coma uma xícara de café.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails