sábado, 9 de janeiro de 2010

Desmontando Losterh.



Eu não quero nada. E já disse que não quero nada. Muito menos sua companhia bastarda. Me deixe exatamente assim, que é o estado em que escolhi ficar. Não quero a sua cerveja, nem seus vícios, nem sua paranóia.
E você, cara amiga puritana, não quero suas piadinhas beatas e nem seus conselhos espirituais. E nem tu (você mesmo, que está aí, olhando ansioso) não me venha citar Nietzsche, Schopenhauer ou qualquer outro cara com uma frase decorada de um livrinho velho que você adora exibir por aí.
A filosofia se aprende, não se decora. Não me venha irritar dizendo que segundo fulano o mundo deveria ser assim. O mundo quem vive é você. Pega tua alma de trapos e some da minha frente com tuas frases, livros e páginas.
Nem mesmo você, adorado colega sagaz, que me faz rir das suas sacadas espertas e da sua ironia. E nem mesmo você outro, que abstrai comigo e me permite ser louca, ambos na loucura. Nem mesmo vocês eu quero. Sumam, que quero ficar só.
Eu não quero colaborar com a raça divertida, inteligente, samaritana ou junkie que há mundo. Ou o diabo que haja. Eu não quero nada disso que vocês tanto querem me oferecer, tanto querem me convencer.
Eu quero é decidir as doses que vou tomar de cada um. Eu quero me sentir bem e não apenas sentir. Não quero esse coito em esmola que tu me oferece.
Não quero mostrar pra você, Losterh, qualquer coisa. Nem a merda de um vocabulário bonito, nem o quão tenho coragem para brigar na rua, nem o quanto me preocupo com as crianças carentes. Não quero.

Eu quero ter o direito de ser eu, apenas eu, em minha totalidade. Sem essas idéias todas, que me fazem fazer isso ou aquilo porque já havia pensado antes. Me deixe errar tudo e começar de novo.
Descobrir como acariciar minha língua e digerir da forma mais saborosa todos os pensamentos que existem no mundo e que me corrompem, a cada segundo que eu vivo.
Quero que me deixe em paz essas partes que como chiclete grudaram no que me é intrínseco.
Eu sou humana e tenho o direto, senão o dever, de errar! De dar perdidos em todas essas idéias endereçadas que me chegam e dizer aos remetentes que me mudei ou mesmo que morri.
Quero ficar calada e não pensar.

E por hora, é só.


38 comentários:

  1. Legal, vc é criativa, gostei do teu blog, vou seguir.

    ResponderExcluir
  2. Menos, não falava de você. Só falei de mim, no texto. He!

    ResponderExcluir
  3. HAHAHA, não vou te deixar em paz (se é que te atrapalhei um dia) eu sou chato, muito chato, o topo do chaticismo sou eu, e eu encho o saco, até ele explodir, ai costuro e encho de novo
    MWHAHHAHAHAH
    não se livrara de mim tão facil, sou a barata na sua cozinha (num so não --')

    Vou acabar o comentario na linha de baixo.
    Fim.

    ResponderExcluir
  4. Ahhh, postei meu comentario, ai só depois eu li o seu.
    Tudo que eu falei foi atoa
    AHHHHH
    AHHHHHHHH
    AHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHHH

    Que réiva
    mas tambem nao vo apaga, vo paga com minha burrice
    falo ai

    ResponderExcluir
  5. Metralhadora ativada, post muito pessoal, sem muito o que considerar.

    ResponderExcluir
  6. Raul,
    Você passou pela seleção bizarra do desfigurado. Se quiser, passe na portaria e deixe seu msn.

    ResponderExcluir
  7. ~~ODE AO MENINO RAUL~~

    É, Raul
    Gostamos de tu.

    ResponderExcluir
  8. http://cotidianodesvaneio.blogspot.com poXA amei mesmo....m e visita do te seguindo

    ResponderExcluir
  9. A festa acabou há duas horas...

    ResponderExcluir
  10. muito bom o melhor agora

    ResponderExcluir
  11. gostei do texto...e achei o blog legal

    ResponderExcluir
  12. Gostei muito disso, filosofia não se aprende, se faz!

    ResponderExcluir
  13. muito bom,
    é isso ai temos direito de errar,
    e aprender com nossos erros.

    ResponderExcluir
  14. Espetaclar. Você es\creve, pelo que dá para ver, com prazer, com paixão. e manda o recado bem dado.

    http://retadevista.blogspot.com/2010/01/amigos.html

    ResponderExcluir
  15. =D
    Muito belo o seu texto !!
    :D
    blog muito legal,vou começar a seguir =P

    Bye!! ^^

    ResponderExcluir
  16. Hum, eu ia postar uma frase antiga de um filosofo antigo mais depois de ler o texto pensei duas vezes i melhor não.
    Mããs na maioria das vezes nós somos o que as outras pessoas pensamos que somos, erramos por sermos o que outras pessoas pensam sobre nós, então seja você!

    ResponderExcluir
  17. . serei então apenas um ponto . Para nele ser o que voce ainda nem imagina.

    ResponderExcluir
  18. Muito legal, grande mas de fácil leitura!

    ResponderExcluir
  19. Uau que texto foda, foi vc q escreveu?

    Parabéns!


    www.mcfake.net

    ResponderExcluir
  20. Ow gostei, bem criativa...
    textos bem inteligentes!!!

    ResponderExcluir
  21. ah já vim aqui ainda agora xD

    gostei vou seguir

    ;*

    ResponderExcluir
  22. vai um abraço aí?
    e eu tenho sorvete. aceita?

    ResponderExcluir
  23. Texto fodástico! virei seguidora!

    abraço

    ResponderExcluir
  24. A gente nunca é agente mesmo. Aprenda isso. Até quem você acha que é você não é nada disso, leia sartre.

    ResponderExcluir
  25. Ah, que a gente nunca é quem é, isso diz o texto. E ainda me termina, depois de tudo o que eu disse , me dizendo "Leia Sartre".

    Puta que pariu. He! Sartre devia ter vergonha desse tipo de afirmação, he!

    ResponderExcluir
  26. As vezes não somos quem somos, mas na verdade somos várias coisas, tmeos várias máscaras, muitas facetas, inúmeras personalidades.
    As vezes precisamos parar, refletir se o que estamos sendo realmente vale a pena, as vezes precisamos parar e pensar sem a interferencia de outros, pois isso é uma escolha nossa.

    ResponderExcluir
  27. Aforei o texto, muito bem escrito, seu blog é muito bom, parabéns.


    Meu blog.
    http://thesevenossete7.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  28. Se não quer a cerveja passe-a para cá de uma vez, mulher ¬¬

    Crises de junkie aparte, achei o texto bom, por um momento pensei que o final iria arruina-lo, mas não, não, as últimas linhas não estragaram o conjunto da obra, foram relativamente bem pensadas

    ResponderExcluir
  29. - essa porra nao é de deus - rs

    acho que já tinha visto esse - é , eu já tinha olhado, sem ler com os olhos - ... não deixa muito o que falar... quer dizer, suscita muuito o que falar, mas é dificílimo dizer algo tão bem ... enfim constrangedor, rs

    nada mal, pra uma descuzada sem talento he
    realmente dmais Letycia. de encher os olhos =]
    parabéns (F)

    ........e esses negócios aparecem 'aleatoriamente'... ça porra -definitivamente- nao é de deus, rs

    ResponderExcluir

Olá. Você, sendo você mesmo, não é bem vindo aqui. Mas se você for qualquer outra pessoa, sente-se no chão e coma uma xícara de café.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails