sexta-feira, 25 de setembro de 2009

Velho Rabisco.

Ainda no silêncio do breu. Sentindo muda.
_____________________________

Vou falar uma coisa, minha bisnaguinha.

Vou irromper nisto que me assoalha as idéias e exonerar todo o lixo. Esse lixo que tenho de saber prontamente para que seja considerada, ou ao menos consultada. -

Quero mesmo é promover o estuprar das palavras. E construir as mais profundas e sensíveis frases sem pejo. Não quando por boçalidade. Mas sim se essas forem aquelas, as verdadeiramente limpas que dizem não por mal ou por bem, dizem porque são palavras e existem para serem ditas! E quando querem ser ditas, não por um coito intelectual ou social. Livres. Nuas. De cabelos crespos soltos no vento.

Com base em tudo isso, agora nem temo em ser piegas: diga, as palavras não tem hora, palavras sentem, diga, diga!

Antes que elas se esqueçam, se percam e definhem...
Não é por nada, que nada. É por tudo!

20 comentários:

  1. Que bonito!


    www.renansparrow.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Perfeito o texto!
    Amei!
    http://saudeecompanhia.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  3. Curti demais o post e eo estilo do blog. Bem bacana. Ah, as palavras, os rabiscos, o expressar por meio deles, não sei o que seria de mim se não os tivesse.

    ResponderExcluir
  4. Caraca, o texto tá demais!
    Curto, simples e profundo!
    Parabéns!^^

    ResponderExcluir
  5. Gostei do blog, gostei da postagem, adorei as fotos! =) Muito bom!!!

    neowellblog.wordpress.com

    Abraços!!!

    ResponderExcluir
  6. Sem Palavras...Realmente foi um estupro de palavras....rs
    Cia dos Botecos www.ciadosbotecos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Se empolgou em? Gostei muito

    http://cemiteriodaspalavrasperdidas.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  8. Boa! Palavras sentem e se expressam, através de nós! >)
    Abraço

    ResponderExcluir
  9. Minha filha,

    Isso foi sinceramete lindo. [KKK]

    "Reciprocando"

    Escreve muito bem, sem palavras.



    PS:
    Já ouvi muita gente falar que blogueiros são amadores sem espaço. Mas, pelo contrário, todos os dias encontro poetas e poetisas melhores e maiores que os intitulados.
    Parabéns!


    meu blog:
    http://mundomudoouvidossurdos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  10. to te seguindo *-*

    texto perfeito *-*


    se quiser retribuir no meu humilde blog, fique à vontade xD

    adorei a parte "diga, as palavras não tem hora, palavras sentem, diga, diga! Antes que elas se esqueçam, se percam e definhem..."

    ResponderExcluir
  11. Que coisa sensacional!
    Palvras tão bem colocadas, de maneira que ninguém poderia fazer igual!
    Adorei!
    ___
    http://planetabandonado.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. Escreve muito bem.Parabéns..
    Tu vai longee...
    Bjin

    ResponderExcluir
  13. Caramba que texto lindo e profundo.
    Você tem talento.

    ResponderExcluir
  14. "...Palavras não tem hora, palavras sentem..."
    hummmm
    Não concordo...hehehe
    Tudo bem, no contexto sim, mas na vida não...
    Uma palavra fora de hora você perde o emprego, perde o amor, perde a vida...ou seja, palavra tem hora.....
    Palavras não sentem, palavra é racional e não emocioanal...
    É isso....
    Abçs
    Cia dos Botecos - www.ciadosbotecos.blogspot.com

    ResponderExcluir
  15. Nao, as palavras nao tem horas ou minutos. Mas momentos roubados do universo que nos circunda. A foto lindissima. Parabens!
    Abrcs

    ResponderExcluir
  16. estupro de palavras.. essa foi boa...rsrsrsrsrsrs

    bem profundo...

    genial o blog ;)

    ResponderExcluir
  17. Falo, falo, sim falo.

    Mas também calo, para então lhe ouvir.

    ResponderExcluir

Olá. Você, sendo você mesmo, não é bem vindo aqui. Mas se você for qualquer outra pessoa, sente-se no chão e coma uma xícara de café.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails