terça-feira, 5 de outubro de 2010

O amante de Camila


Ela tem namorado, eu sei. Mas vesti uma roupa legal, juntei dinheiro que não tinha, saí ainda que fosse tarde porque eu queria muito vê-la. Com a grana que juntei dava pra pagar uma pinga da que ela gosta, jogar bilhar com ela, colocar Sarcófago na máquina pra ela. Mesmo que não goste que lhe paguem as coisas, acho que vai ficar feliz. Não a via sorrir muito. Quem sabe assim, me sorrisse e me olhasse nos olhos por mais tempo.
Ela vai estar linda, linda e cheirosa, falando daquele jeito irônico, dando um monte de opiniões e mesmo eu querendo ouvir as vezes vou esquecer disso, e ficar olhando pro cabelo dela voando todo desregrado, o jeito de parar entediada com as mãos nas ancas, de bater a cinza do cigarro com o indicador, a boca vermelha entreaberta esperando a minha, a curva da cintura pedindo pra ser tomada. Eu vou abraçar e acariciar seu rosto, ela vai sorrir e me abraçar de volta. Ela vai me xingar sem motivo e em seguida, me dar um beijo. Eu vou dizer que penso nela quando ouço black metal, que os guturais soam românticos na minha imaginação que tanto a quer, tanto...
Ah! O ônibus chegou no ponto. Eu desço e ando, rápido. Logo, de longe, vejo ela. Linda, cabelo voando desregrado no vento.

Beijando o irmão, seu namorado, que ela já havia dito que amava.

17 comentários:

  1. Você pode por a culpa em Platão, afinal, a culpa é sua, e você põe em quem quiser.

    ResponderExcluir
  2. Ponho a culpa no cara, que gastou dois e setenta pra ver essa cena aí.

    ResponderExcluir
  3. Achei o post bem legal. Parabéns pelo blog. Estou seguindo.

    Continue assim que ficará ainda melhor.

    Depois dá uma passada no meu blog

    http://orytchasblog.blogspot.com

    Aguardo retribuição!!!!

    Forte abraço

    ResponderExcluir
  4. Já passei por aqui algumas vezes e adoro seu blog.
    Parabéns pelo post!
    é bom sempre encontrar coisas novas por aqui!
    Sucesso ;)

    ResponderExcluir
  5. Opa Tudo bem ?
    Dando uma visita (espero retribuicao rs) :D
    Muito bom seu Texto .

    Abraço .

    ResponderExcluir
  6. Gostei!
    O final foi tenso hein...
    Parabéns pelo texto, to te seguindo!

    http://falando-peloscotovelos.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  7. Nossa.. "o final foi tenso" (2) ..rs

    Mas eu gostei.. muito bem escrito.. cada detalhe e situação.. Escreveu muito bem..

    ResponderExcluir
  8. Quantas dessas eu já encontrei... Não todas iguais, mas os trejeitos são idênticos, ainda mais quando resolvem falar "daquele jeito irônico", ah... isso sim me deixa intrigado. Nunca sei se ela quer ou não!

    Belo texto! E, com certeza, o final foi "pesado", mas não poderia ser diferente, não é verdade? Amor impossível são os melhores. ehehehe

    Abraços

    ResponderExcluir
  9. Gostei da narrativa. É pesado mas bem escrito.

    ResponderExcluir
  10. Muito bom, sério, você escreve muito bem!
    virei aqui mais vezes.

    se quiser passar no meu.

    http://mahhvip.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  11. show! curti

    http://umdiaentenderei.blogspot.com/

    ResponderExcluir
  12. eu não sei qm está em pior estado nesta história

    ResponderExcluir
  13. haha.
    final cabrero!! haha.

    Visite:http://paralelocruzado.wordpress.com/

    ResponderExcluir
  14. Ela namora com o próprio irmão? Gostei dela.

    ResponderExcluir
  15. Nossa, me surpreendi com o final.
    Não esperava por ele, haha! :)
    Bem legal!

    To te seguindo!

    beijos

    ResponderExcluir

Olá. Você, sendo você mesmo, não é bem vindo aqui. Mas se você for qualquer outra pessoa, sente-se no chão e coma uma xícara de café.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails