segunda-feira, 8 de novembro de 2010

Bumerangue.



A mão que escreve é a mesma mão que apunhala. Você pode ser horrível de mira e ter de chegar perto demais para que cheguem a se incomodar com sua forma de escrever. Ou, para alguém mais hábil, de quanto mais longe você for capaz de acertar a faca, mais fundo e súbito será o corte. É necessária uma vontade assassina de ferir. Ferir a expectativa e oferecer a surpresa; ferir premissas e dogmas. Obrigar a mudar a expressão da cara na ponta do punhal. Sem piedade. Escrevendo até mesmo o que não se quer, para depois sentir o corte do bumerangue, voltando pra si mesmo.
A verdade que se pode colocar um um texto é a mesma verdade de sentir dor. É psicológico e físico. Uma cirurgia que se faz em quem se é, na córnea do teu olho de cabresto, mutilando os tendões de Aquiles e te deixando a prova da tua verdadeira força.
A questão não é ser genial, nem pioneiro. Não é armar o crime perfeito. É o ato em si. É acertar de muito longe aquilo que não se vê mas que está lá, na cabeça de cada um, vulnerável àquelas palavras. É o atingido descobrindo que não está imune a si próprio e as suas mágoas, suas alegrias, suas versões de tudo. Suas aversões.
O escritor hábil pinga as palavras em doses de veneno. O corpo não reconhece e não aceita, mas não fica indiferente. A boca entreabre e o músculo enrijece. E no final do texto, vão criando os anti-corpos. Mas perante a variedade de doenças que a criatividade pode oferecer, anti-corpo nunca é suficiente.
Pega a roupa que costurou na alma e arranca, te deixa nu. Para vestir-se de retalhos de milhares de idéias.

7 comentários:

  1. Olha, até agora eu escrevi muito e nao apunhalei niguém ¬¬''
    hsuahsas
    muito bom texto, e blog excelente!
    Parabéns
    abraçs.

    www.levelgamed.blogspot.com

    ResponderExcluir
  2. Gostei do texto, mas achei o blog meio melancólico....

    ResponderExcluir
  3. quero parabenizar o seu trabalho,
    do seu blog que e lindo de mas,
    gostei muito dos textos.
    prbns e muito sucesso.

    ResponderExcluir
  4. Pow gata, se garantiu!

    Sorte ae no blog e na vida!

    http://menteilicita.blogspot.com
    Ja to seguindo...
    Retribuição para uma pacifica harmonia
    Paz!

    ResponderExcluir
  5. Nossa, demais, mesmo.
    Gostei muito, principalmente dessa parte: O escritor hábil pinga as palavras em doses de veneno.

    um beijo!

    ResponderExcluir
  6. Vai viajar, mas volta.

    ResponderExcluir

Olá. Você, sendo você mesmo, não é bem vindo aqui. Mas se você for qualquer outra pessoa, sente-se no chão e coma uma xícara de café.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails