quinta-feira, 17 de dezembro de 2009

A mochila de Losterh


E aqui eu confirmo a minha má vontade para quase todas as coisas. E quem achar ruim, que me excite.

Olha aqui na minha cara, rapaz. Veja a minha vontade de banhar-me num mar de guspe. Quero melecar-me de enzimas, para ver se eu engulo logo essa vontade niilista que regurgito nestas tardes e noites tão iguais. Olha pra minha mochila velha, mais suja que o chão da rua. Ela não quer se limpar, não.

Ela quer rasgar-se e jogar fora todas essas coisas que ela guarda há anos e que não saíram de lá desde que chegaram. Suje-a, então, além do limite. Além da vontade, além do hábito. Suje-a de vida.

Suja, suja.

15 comentários:

  1. Revoltante. Mas beem inteligente, com vontades estranhas. Beijos

    ResponderExcluir
  2. costumo não me sujar muito, só quando estou acordado mesmo ...

    ResponderExcluir
  3. Ah nem. Nesse caso, guspe é mais marginal.

    ResponderExcluir
  4. Fui tomar um banho e já venho comentar...

    ResponderExcluir
  5. gostei do guspe! e do texto e da frase do blog!!!!!

    ResponderExcluir
  6. Ai gatã, você quer conversar?
    Mas, é muito bom colocar essas vontades pra fora.

    ResponderExcluir
  7. gostei muito!de verdade.

    ResponderExcluir
  8. Joga a porra dessa mochila na água ;X

    ResponderExcluir
  9. Ronaldo!!! Não sei o que comentar!!!

    ResponderExcluir
  10. Muito bom o texto
    e eu gostei da imagem da monalisa ^^

    ResponderExcluir

Olá. Você, sendo você mesmo, não é bem vindo aqui. Mas se você for qualquer outra pessoa, sente-se no chão e coma uma xícara de café.

LinkWithin

Related Posts with Thumbnails